São João do Piauí terá plano de enfrentamento à violência LGBTfóbica

São João do Piauí será município referência para instituição do Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência LGBTfóbica, numa parceria com a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos(SASC). 

 

Com a adesão ao Pacto, São João do Piauí vai poder incrementar políticas públicas na defesa da garantia de direitos à população LGBTIQA+, como a criação de Comitê e plano de ação, tendo algumas ações norteadoras, como formação permanentes para os profissionais que atuam no atendimento ao público, firmar parcerias e o Centro de Referência para a Promoção da Cidadania LGBTIQA+ Raimundo Pereira, para expedição de documentos sociais, além de criar um conselho municipal e promover qualificação social e profissional.

 

Essa foi pauta da reunião hoje, 19, com a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Juliana Sena, os técnicos da pasta, José Alves, Nicoly Ribeiro, Ramon Amorim e Danielly Rodrigues, que recepcionaram Joseane Borges e Marcela Braz, representando os Direitos Humanos da SASC.

Compartilhar Compartilhar Imprimir

Relacionadas